Liverpool, Rio Ave e Estoril. Next: Portimão!

Ora viva,

Três jogos (dois e meio) aconteceram desde a última vez que aqui escrevemos. E que montanha russa tem sido. Da extrema desilusão, passando por uma desforra agradável até ao jogo em mostramos calibre de campeão. Comecemos pelo primeiro, Liverpool.

O resultado diz tudo. O pior resultado de sempre em casa para as competições europeias não pode ser nunca razoável nem há desculpas que possam amenizar tal facto. A estratégia correu mal, o jogo correu mal. E sobretudo houve pela primeira vez esta época um “baixar de braços” que me surpreendeu muito ou não fosse esta equipa treinada por um ataque cardíaco com pernas. Acho que os jogadores interiorizaram demais o desejo de não sofrer golos em casa e quando sofreram, não souberam reagir de forma mais tranquila.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na sequência de um desastre deste tipo, o que se pede sempre é uma reacção forte demonstrando a verdadeira qualidade da equipa. E não havia dúvidas que isso iria acontecer, pelo menos na vontade que entraria dentro de campo. Depois, um jogo de futebol é sempre caótico e tudo pode acontecer. Mas para contrariar isso, um excelente golo do médio goleador que descobrimos agora, logo no primeiro minuto, acalmou o povo azul e branco. Foi também o pontapé de saída para uma excelente exibição de toda a equipa que culminaria num resultado igual (mas ao contrário) com o do jogo anterior.  Só temos de repetir isto em Anfield.

A bebedeira do primeiro jogo estava ultrapassada, a ressaca foi cumprida, faltava agora o jogo que verdadeiramente interessava há já bastantes dias. Pela frente, um Estoril que conseguiu vantagem na primeira parte, que entretanto venceu o sporting com categoria e que estava tranquilo para nos confirmar a primeira derrota do nosso campeonato. Ter apenas 45 minutos para virar um resultado contra uma equipa pequena, com necessárias trocas de jogadores e banco limitado era uma tarefa muito difícil. E o Porto fez uma exibição à campeão. Entrou com tudo, virou o resultado e podia ter feito muito mais. Sem espinhas. Se o nosso clube for campeão como todos desejamos, eu arrisco a dizer que foi na Amoreira. Foi ali que mostramos a nossa força, que fomos oportunos a aproveitar para aumentar situação de vantagem e que levamos essa confiança para os próximos jogos. Neste jogo há dois grande destaques: o bom momento de Soares, o verdadeiro matador com golos feios, bonitos, de todos os feitios; e outro é a lesão de Alex Telles. Pelos vistos não é tão grave como poderia parecer, ainda assim o mister assistências ficará de fora umas 5 ou 6 semanas. Esta lesão é preocupante em todos os sentidos, principalmente quando temos o lateral direito titular (que até faz as duas alas) lesionado também. Mas eu estou confiante. Não quero ser daqueles maluquinhos que defende as jovens promessas cegamente, mas a verdade que o lateral direito Diogo Dalot é uma maravilha de jogador. Tem jogado a defesa esquerdo na equipa B e tem muita maturidade para a idade. O seu estilo de jogo faz-me lembrar Danilo (Man City e ex-Porto) pela sua força, velocidade e capacidade de desequilibrar e improvisar no ataque. Neste último aspecto, Dalot é claramente melhor que Telles que é um pouco previsível nas suas acções. Em jogos em casa acho que não vamos perder qualidade. Em jogos fora mais difíceis, em que a defesa esteja mais exposta, podemos perder na matreirice a defender. E claro, as bolas paradas vão sentir falta do Alex. Mas não só, o seu espírito guerreiro e o facto de representar claramente o tipo de jogador que morre em campo se for preciso, vai fazer falta.

Mas estamos numa situação muito privilegiada e se por acaso vencermos o Portimonense e o Sporting, já ninguém nos pára. Para este jogo não podemos contar também com Corona e Paulinho é emprestado pelo Portimonense. Parece-me que Hernâni vai ser aposta, mas eu entrava com tudo e apostava em Waris ou Gonçalo e desviava Marega para  a ala.

Vamos a eles, até uma próxima. #vamosganhar

Falta de jeito

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s